Panasonic ‘reinventa’ a sua Tv OLED

A Panasonic aproveitou a CES de 2017, que está a decorrer, para mostrar a primeira TV OLED 4K PRO, a EZ1000. É um novo conceito de televisão para a marca, com um vasto potencial, não apenas em imagem como também no design. Com formas totalmente novas, abandonado a moda do curvo, tem no seu ‘pé’ uma mais valia, não apenas pelo formato incomum, que simula a flutuação de todo o painel, como pela própria base que ‘esconde’ um sistema de som de excelência assinado pela Technics. Fica a promessa de poderio sonoro ao abrigo de 14 unidades acústicas albergadas: oito subwoofers, quatro altifalantes e de dois tweeters tão bem dissimulados.

‘Esquecendo’ as formas, possui a maior valia no ecrã OLED 4K de 65 polegadas, que preenche quase a totalidade da área visível, e está dotado de toda a panóplia de tecnologias. Designado por painel OLED HDR Master, apregoa a capacidade para emitir o dobro do brilho de um OLED convencional, reproduzir 98% no espaço de cor DCI, suporte para HDR10 e Hybrid Log Gamma HDR para os futuros conteúdos, filtro Absolute Black para ajudar os contrastes e realçar os negros, , e inclui uma taxa de 800 nits,  um excelente valor capaz de aprimorar os brilhos. Agora imagine tudo isto a desempenhar funções em simultâneo, e calibrado por um mestre de cor em Hollywood, Mike Sowa. 

Para a reprodução da imagem final é preciso processamento, e a EZ1000 está equipada com um Studio Color HCX2, o processador de imagem mais potente que a Panasonic já criou e integrou num televisor de consumo. A calibração  mereceu especial atenção pela marca nipónica, que recorreu à sabedoria de profissionais do grande ecrã do Hollywood Lab. 

Outra das novidades desta EZ1000 é o sistema escolhido para a ‘brincadeira’, o  Firefox OS e a interface My Home Screen 2.0. A Panasonic promete simplicidade e personalização, uma interacção simples e intuitiva para que o usuário possa aceder facilmente a conteúdos, mas acrescentando possibilidades, como a de criar pastas de favoritos únicas e exclusivas para casa utilizador. O próprio comando permite personalizar o botão My App para os nossos conteúdos favoritos.

Novidade, e contrário ao habitual, onde se ‘passa’ o conteúdo do smartphone para o grande ecrã, esta EZ1000 permite trocar e passar o grande ecrã para o smartphone. Através de tecnologia IP>TV, converte os canais de TV em dados através da rede wifi doméstica, e permite a sua reprodução em outros equipamentos através de streaming.

Outro factor diferenciador, e mais susceptível para profissionais, ou os mais aficcionados da imagem, a EZ1000 permite ao utilizador fazer o upload da sua própria cor na 3D LUT (Look Up Table) via USB ou cartão de memória SD. A TV OLED também permite que se aplique as configurações de calibração Imaging Science Foundation (ISF) e é compatível com o sistema de calibração Portrait Displays CalMAN. 

O preço ainda não foi divulgado.

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar