‘Afinal havia outro’. Conheça o exclusivo Huawei Mate10 Porsche Design

 Certamente que conhece o Mate 10 Pro, aquele smartphone que se tornou pioneiro, e cujo maior feito é incluir o processador Kirin 970, o primeiro processador com uma Unidade de Processamento de Rede Neural dedicada (NPU). Isto significa que de um modo único e só, uma unidade partilha o processamento com a inteligência artificial! E este fato resume-se a maior rapidez de decisão, execução e logo, mais eficácia.

Posteriormente a Huawei lançou uma versão Lite, uma versão dedicada ao segmento médio alto, e agora, e mantendo a colaboração com a Porsche Design, alarga o portfólio com o tão esperado Huawei Mate10 Porsche Design.

Não há enganos, não é para todos, é um nicho, para quem procura excelência e exclusividade. Este Mate10 Porsche Design combina a estética da Porsche Design com a engenharia móvel da Huawei, ou as lentes da Leica. É muito para um só equipamento. 

O corpo reflete a parceria entre a marca tecnológica e a de design. Totalmente revestido por vidro,  possui o em voga design de vidro curvo 3D, mas numa cor tão escura como elegante, premium, a  Diamond Black, mas nota, com acabamento á prova de dedadas. Outra das diferenças, além da cor, para o ‘normal’ Mate10 Pro está na lista horizontal que desaparece, e ao invés, uma vertical com o logo da casa de design sob o sensor de impressão digital traseira. Mesmo no ‘mexer’, a própria interface EMUI tem o cunho da casa Porsche, e em duas versões.

A frente é dominada pelo ecrã FullView da Huawei, um ecrã de 6 polegadas com relação de 18:9, e tecnologia HDR10 que afirma uma experiência de visualização mais realista. Este ecrã suporta um modo de ecrã dividido, permitindo que os utilizadores executem duas aplicações lado a lado. 

Esta versão Porsche Design inclui também esse processador único, o já citado Kirin 970, um octa-core que inclui quatro núcleos Cortex-A73 a 2,4Ghz e quatro núcleos Cortex-A53 a 1,8Ghz, uma combinação entre potência e eficiência energética, além da integração da potente GPU Mali-G72MP12, dedicada a toda a parte gráfica. A diferença está na unidade de inteligência artificial, a principal diferença para os demais. Este processador de Inteligência Artificial está dedicado a aprender, ou Machine Learning, o que permite ao HUAWEI Mate 10 Porsche Design focar-se no utilizador e nas suas preferências ou utilização. Como? Combina a inteligência com o processamento para dar resposta às funcionalidades necessárias, reconhecendo as exigências da aplicação ou utilizador, analisando cada cenário de utilização em tempo real. Adapta, e aprende, o funcionamento do mesmo em prol do melhor desempenho contínuo. Mas existem outras características que vale a pena mencionar, vulgo os 6 GB de RAM e 256 GB de ROM, o maior córtex de memória de toda a série Huawei Mate 10, ideal para armazenar inúmeras fotos, vídeos e documentos. 

Outro fator notório está na câmara, que também usa a AI, e talvez o ponto mais visível e fácil de identificar. Não bastasse ter duas lentes (com abertura f/1.6) da especialista Leica, inclui um sensor RGB de 12 megapixéis e outro sensor monocromático de 20 megapixéis. A estes fatores juntam-se os recursos de IA, que reconhece, identifica os diferentes cenários em tempo real – como plantas, neve, praia e retrato, qualquer motivo que estejamos a fotografar. Ao invés de escolhermos manualmente o modo certo para o que queremos retratar, basta apontar e ele assume, e indica por ícon, o que está a captar. Não só, faz auto-ajustes para melhoramento da própria imagem, seja na cor, contraste, brilho ou exposição, tudo através da Inteligência Artificial que é capaz de analisar cada imagem, e tentar reproduzir tonalidade ou pormenor mais realista. Mas há sempre quem goste de manusear, ser único, e para isso existe o modo PRO, que permite ao utilizador controlar todos os ajustes, tornando a sua fotografia única. 

É um equipamento ‘grande’ em díspares funcionalidades, e isso requer autonomia. O Huawei Mate10 Porsche Design incorpora uma bateria de 4000mAh, e mais uma valência da AI. Falamos de um sistema inteligente de gestão de bateria, que aprende com o comportamento do utilizador e aloca os recursos necessários, ao que é necessário. Desta forma evita o desperdício de energia e maximiza a vida útil da bateria. Já a própria bateria possui tecnologia SuperCharge da Huawei, o que permite que em apenas 20 minutos de carregamento obtenha bateria para um dia inteiro.

 

O Porsche Design HUAWEI Mate 10 é vendido com uma capa de couro de luxo da Porsche Design, destacando a exclusividade, a um valor de 1.395€ na EUropa. Estará disponível nas lojas Porsche Design e online www.porsche-design.com a partir de dia 15 dezembro.

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar