Canon apresenta a nova Powershot G1 X Mark III, a emblemática

Canon apresenta a nova Powershot G1 X Mark III, a emblemática

A Canon Europa apresentou o mais recente membro da família PowerShot G, a PowerShot G1 X Mark III. É a evolução da G1 X Mark II, e tem como propósito trazer a qualidade de imagem de uma DSLR EOS mas no tamanho compacto de uma PowerShot. O corpo continua a herança da sua antecessora, naquele look retro bem conseguido e eterno, mas pesa apenas 399 gramas, é 14,8 mm mais fino e aproximadamente 16% mais pequeno que a versão Mark II. Concilia desta forma dois conceitos tão distintos como funcionais. Estes dois factores incrementam o manusear, o que ajuda de sobremaneira a captar todos os momentos, mesmo em movimento. É extremamente fácil de utilizar, e as suas funcionalidades permitem um controlo instintivo tipo DSLR, como a personalização de acordo com as preferências do utilizador. 

As características falam por si: um sensor APS-C similar ao presente na EOS 80D, processador DIGIC 7, valores ISO entre 100 e 25.600, visor electrónico (Electronic Viewfinder – EVF) central, ecrã Organic EL de 2.36 milhões de pontos, e funções dedicadas, como a Touch and Drag Auto Focus (AF) para controlar o resultado ao definir instintivamente o ponto de focagem e asseguar a melhor nitidez, ou o Auto Lighting Optimiser e Diffraction Correction, para ajustes de cor e correcção de ruídos e pontos.

A objectiva zoom de 3x com amplitude focal de 24-72mm (equivalente a 35mm) tem uma distância de focagem próxima de apenas 10 cm, e combina a versatilidade, seja a fotografar retratos ou close-ups, os mais variados tipos de motivos com uma única objetiva. A pouca profundidade de campo é criada através do sensor APS-C combinado com uma ampla abertura de f/2.8 – 5.6. Esta objectiva foi meticulosamente criada para o sensor da câmara, o DIGIC 7, e anuncia reduzir artefactos indesejados na imagem, como reflexos. A abertura de 9 lâminas pode também criar fundos desfocados suaves e efeito bokeh circular, minimizando os fundos com muito ruído e destacando o motivo. Quase ficava esquecido o anel de controlo, também usado em outros modelos da marca, que pode ser personalizado e permite, entre outros, o controlo da objetiva.

 

Esta PowerShot G1 X Mark III inaugura o sistema Dual Pixel CMOS AF, usado pela primeira vez numa câmara compacta da Canon, que faz uso da Estabilização de Imagem de 4-passos para adaptar e estabilizar a câmara em qualquer ambiente de fotografia dinâmico, como num desfile ou entre a multidão num festival de música. A maior valência deste Dual Pixel CMOS AF é talvez a velocidade com que consegue focar de modo preciso, apenas 0,09 segundos. A certeza de velocidade e confiança necessários para captar momentos espontâneos.

O tamanho e peso significam que esta máquina tem como palco preferencial o meio externo, a rua, estrada, monte e vales. Tudo. Aqui requer outras valências, ou resistência. A Canon resolveu dotando a PowerShot G1 X Mark III com um isolamento resistente a condições meteorológicas, na suma protecção contra poeira e humidade. É também a única câmara digital da Canon com sensor APS-C que pode ser combinada com uma caixa estanquei e opcional, para que possa ser utilizada dentro de água até uma profundidade de 40m (130 pés) – ideal para projectos criativos debaixo de água.

Esta Canon não ‘vive’ apenas de foto, e suportando a gravação de vídeos Full HD 60p em MP4, fazendo uso do Estabilizador de Imagem (IS) Dinâmico Avançado de 5-eixos e o sistema Dual Pixel CMOS AF. O IS Dinâmico corrige e estabiliza a filmagem quando grava em movimento, enquanto que o Dual Pixel CMOS AF permite a criação de variações de foco cinematográficas. Além de integrar o modo de vídeo time-lapse, é também a primeira compacta da Canon a incluir o modo panorâmico. Com a simples pressão de um botão e o movimento vertical ou horizontal da câmara, é possível captar imagens panorâmicas. 

A PowerShot G1 X Mark III incorpora várias funcionalidades de conectividade como Wi-Fi e Dynamic NFC, para que a possa ligar facilmente a dispositivos inteligentes compatíveis. A câmara pode ser despertada do modo stand-by através de um smartphone com Bluetooth III, que funciona com um controlo remoto Bluetooth IV de baixo consumo. O controlo total manual, via Wi-Fi, oferece uma previsualização ao vivo da imagem no seu dispositivo inteligente, perfeito para acompanhar e captar vida selvagem, sem perturbar os animais no seu habitat natural.

No campo da autonomia da câmara,o novo modo ECO permite prolongar a bateria até 25%. Por outro lado, pode convenientemente carregar a câmara em movimento através da saída USB com o cabo do smartphone ou através de baterias compatíveis com USB.

A PowerShot G1 X Mark III está proposta a um valor de 1.289,99 € já com IVA.

Óscar Rocha

Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia Enviar E-Mail para: Óscar Rocha
%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar