Ecooltra promete mobilidade a baixo custo em Lisboa

Lisboa foi ontem palco da apresentação da eCooltra, não só uma marca, mas um novo conceito de mobilidade que ‘promete’ mudar o paradigma da cidade, do trânsito e congestionamentos. E porque não, do custo! Utiliza a partilha de veículos tão em voga, aqui na denominação Scootersharing, vertente para moto… ou ‘acelera’. São scooters.

É uma ideia que se transpõe de Espanha para Portugal, escolhendo Lisboa para receber um novo conceito de mobilidade urbana. A responsável por este projecto é a Cooltra, empresa líder em aluguer de scooters na Europa que propõe, e tenta incrementar na sociedade e nos seus hábitos, um novo conceito de mobilidade, quiça uma alternativa ao transporte público ou privado de forma eficaz, ajudando o meio ambiente e promovendo uma mobilidade sustentável. Para o conseguir, começou com 25 veículos ainda em estudo e experiências, que substancialmente aumentou para a marca de 170 scooters ‘espalhadas’ pelas ruas da cidade prontas a utilizar. 

Outro factor de nota é a facilidade de todo o processo. Existe a obrigatória necessidade de fazer o fazer download da aplicação que centraliza todas as operações, reserva, utilização e pagamento do serviço. O processo de registo exige os consequentes dados para habilitação de condução, vulgo número de cartão de cidadão, carta de condução, morada e alguns dados para efectuar pagamentos. Existe a obrigatoriedade de entrega de documentos, mas toda a veracidade de processo é confirmada por equipas online, que procederem a toda a verificação e credibilidade do processo e utilizadores. Se preferir, a marca assegura locais físicos para entregar documentação, e fazer todo o processo de registo na hora. Após este processo, e ainda na aplicação, o utilizador pode geolocalizar as scooters que se situam mais perto, escolher, reservar e por fim utilizar sempre com a mesma tarifa: 0,24€ por minuto.

A partir daqui tem uma cidade para explorar de modo fácil e rápido. Toda a escolha e gestão da scooter é feita na aplicação, que incorpora um mapa da cidade com sinalização do veículo mais próximo, segue-se o desbloquear, abrir mala (que contêm todas as necessidades para a condução, vulgo dois capacetes e até tocas higiénicas) ou ligar a mota. A partir do momento em que se escolhe a scooter, esta fica reservada e disponibiliza 15 minutos para chegar até ela, e mais nenhum utilizador pode ter acesso. Depois é partir por essa verdadeira aventura que são as estradas alfacinhas. Atenção às condicionantes: o serviço, scooter, não pode ser utilizada em auto-estrada ou via-rápida, e ainda tem uma zona limitada em Lisboa, mas pode ser utilizada em grande parte, incluindo Lumiar, Sete-Rios, Campo grande, descendo pelo centro da cidade pelas grandes avenidas, ou pelas encostas da Graça e Alfama, sobe pelo Bairro Alto, passando pela zona ribeirinha e chega a Alcântara.

Para finalizar o ’empréstimo’, o utilizador apenas necessita de desligar e confirmar na aplicação o termo, depois de estacionar em qualquer ponto da cidade dentro dos limites, e em local devido (atenção às multas) e voilá, amanhã é outro dia.

Este serviço inclui a própria scooter com 2 capacetes, seguro de responsabilidade civil, e duas entradas USB, não vá ficar sem bateria no equipamento móvel e não conseguir concluir a acção. As scooters de eCooltra Scootersharing são da marca Govecs e sendo eléctricas, produzem zero emissões, sendo equivalentes a um ciclomotor.

Na parte da gestão, e tudo o que é inerente à aplicação, existe o mérito para uma empresa nacional, a CEiiA. Esta empresa dedica-se a soluções tecnológicas de última geração e é especializada em aeronáutica, automação e mobilidade, e é dela a responsabilidade de equipar toda a componente tecnológica da scooter, assim como do desenvolvimento da App, com consequente optimização, gestão e funcionamento do serviço. Por outro lado, as scooters, totalmente elétricas, incorporam tecnologia de geolocalização, comunicações e uma unidade lógica – computador de bordo – que regula o seu funcionamento e evita males maiores como roubo.

Vale a pena conhecer… e experimentar!

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar