Lexus mostra edições limitadas RC F e GS F, e uma estrela, o novo Concept LS+

A Lexus comemorou o 10º aniversário dos seus modelos mais desportivos que ostentam a letra F, os RC F e GS F, com edições limitadas dos modelos.  O local não poderia deixar de ser em ‘casa’, mais propriamente no 45º Tokyo Motor Show 2017. Mas a surpresa do dia foi inteiramente para o novo Concept LS+, o primeiro modelo topo de gama da marca dedicado à condução autónoma. 

Os modelos ‘F’ são os apetecidos, aqueles veículos que espelham toda a agressividade do design para a estrada. Habitualmente são o sinónimo da Lexus em matérias de performance, capazes de colocar sorrisos rasgados na face do condutor.

A nova edição limitada celebra o 10º aniversário do lançamento do primeiro modelo ‘F’, e surge com alguns melhoramentos, tendo em conta maior aderência, resposta e desempenho. Esta série conta com novos amortecedores de elevado desempenho, para aumentar a estabilidade em condução, além de uma panela de escape nova fabricada em liga leve de titânio que consegue uma melhor resposta e sonoridade. Para reforçar o lado desportivo destes “F”, especiais, os componentes exteriores recorrem a PRFC (Polímeros Reforçados com Fibra de Carbono) e os painéis do corpo são cinza fosco. O interior também é especial – a cor do símbolo “F” é o emblemático “Heat Blue”.

Tudo tem defeitos, e aqui é a exclusividade, sendo que apenas estarão à venda 50 unidades do modelo RC F, e 50 unidades do model GS F e limitados à venda no Japão, na próxima primavera.

 Concept LS+

A condução autónoma tem estado na ‘berra’ e hoje já é uma opção, seja com modelos que já circulam ou outros anunciados. O intuito?  Quiça um mundo livre de acidentes de trânsito. Azar na estrada, avarias, surpresas ou distrações, ou mesmo o erro humano. É notório o empenho das marcas no campo da condução autónoma, e basta sentar num carro mais recente onde já se sente um pouco do futuro possível, com reconhecimento das faixas de rodagem, reconhecimento de objectos ou peões e travagem automática, luzes inteligentes, carros que fazem manobras de estacionamento, um rol de autonomismo já presente. Para quem pode desembolsar uma maior quantidade de euros, já existem alguns veículos totalmente capazes de circular sem colocarmos a mão no volante… 

Este novo Concept LS+ promete tudo. É o primeiro modelo da marca totalmente dedicado à condução autónoma. Mantêm, ou eleva, o estilo elegante e arrojado, mas junta um par de tecnologia para a condução autónoma, o grande objectivo para 2020. Mantêm a filosofia de design Lexus L-finesse, com a arrojada grelha de grande dimensão tão própria da marca, que surge com melhorias ao nível da refrigeração e do desempenho aerodinâmico, além de novos faróis e farolins traseiros, parcialmente iluminados a laser, a par de espelhos laterais eletrónicos. É esta a visão da Lexus para o futuro.

Mas mais que estética, o grande objetivo da marca é conseguir desenvolver modelos apelativos que conciliem a segurança com uma mobilidade livre, segura e suave, uma condução segura sem acidentes. Como? A Lexus tem vindo a melhorar o Sistema de Gestão de Segurança Integrado dos seus modelos através da implementação de tecnologias avançadas, caso da Highway Teammate ou da Urban Teammate. Melhor, inclui AI, ou Inteligência Artificial, que recolhe e armazena toda a informação global, incluindo dados sobre estradas e áreas circundantes, garantindo que a experiência de condução autónoma é de alto nível. 

Highway Teammate está optimizada para auto estradas ou longos percursos exclusivos para veículos motorizados,. É capaz de fazer todo o reconhecimento, avaliação e atuar com base no processamento de todos os fatos inerentes à estrada e segurança.

Por sua vez a Urban Teammate é dedicada ao meio citadino e estradas públicas, com todas as advertências que daí podem surgir. Trânsito mais condicionado, autonomia, sinais de trânsito e todo um rol de situações características da cidade, vulgo pressas e congestionamentos.

Toda a informação é fornecida pelos inúmeros sistemas a bordo, em resposta às condições reais de tráfego e já permite integrar o Concept LS+ no tráfego de forma autónoma, mudanças e desvios de faixa, para além de manter o veículo na sua faixa, e a uma distância de segurança para outros automóveis. 

Fator importante são as optimizações de software, e o Concept LS + pode ligar-se a um centro de dados para proceder a atualizações e permitir que sejam adicionadas novas funções.

 

 

 

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar