Novo Opel Ampera-e cria um novo patamar

A Opel acaba de anunciar a entrada no mercado norueguês do seu novo modelo eléctrico, o Ampera-e. A escolha do mercado norueguês para iniciar a comercialização prende-se com o facto de se tratar do país onde existe uma maior consciencialização com o meio ambiente, além de já constarem medidas adequadas e necessárias. Este é um fardo pesado e a ter em conta, o valor final versus incentivo à aquisição. O modelo de incentivo já presente naquele país nórdico isenta de impostos condutores que adquiram um veículo eléctrico, além de possuir uma taxa de circulação mais baixa, factores que contribuem para uma projecção de 100 mil veículos eléctricos em circulação apenas na Noruega. A Opel prevê a entrega do Ampera-e durante a próxima primavera na Noruega, e posteriormente, a sua entrada na Europa. Será em modo faseado, com o início das vendas a arrancarem na Alemanha, França, Holanda e na Suíça. A previsão para chegada aos restantes países será o final de 2017 ou durante o ano de 2018.

Focando-nos no Opel Ampera-e, é um novo citadino capaz de quilómetros. Com uma estética muito bem conseguida e alheia completamente ao paradigma do eléctrico, é suficientemente arrojado, mas assume o conforto e funcionalidade. Possui 4,17m de comprimento e muito espaço, quer interior, quer na bagageira com uns bons 381 litros de capacidade. Esta proeza deve-se à boa integração das baterias, 10 módulos localizados sob a carroçaria e perfazendo o contorno do veículo. Desta forma foi possível criar um bom centro de gravidade, ao mesmo tempo que aproveita todo o espaço interior para o conforto dos passageiros. 

O maior crédito deste Ampera-e é a sua autonomia, inédita no segmento dos compactos familiares e quem sabe, abre um novo capítulo na mobilidade elétrica. De acordo com o ciclo de testes NEDC (New European Driving Cycle), que é a norma actualmente em vigor para comparações entre diferentes veículos, o Ampera-e consegue percorrer 500 quilómetros de distância apenas com um carregamento, facto que representa mais 200 km que os seus concorrentes mais directos. E a comparação faz-se com alguns dados revelados: BMW i3 (bateria de 33 kWh) anuncia 300 km, o Nissan Leaf 250 km, o Renault Zoe 240 km e o VW e-Golf 190 km.

Representa um ganho médio na casa dos 25% de autonomia, face a outro modelo do seu segmento, o que posiciona o novo Opel Ampera-e num patamar elevado no segmento dos eléctricos. A bateria, que consiste em 288 células de iões de lítio com uma capacidade de 60 kWh , foi desenvolvida numa parceria entre a GM e a LG Chem. O motor também excede o convencional, contando com 360 Nm de binário máximo e uma potência de 150 kW, valores que correspondem a aproximadamente 204 cv. Não só é económico, como possui autonomia e acrescenta performance ao Ampera-e, que anuncia 3,2 segundos nos 0-100 km/h, com uma velocidade máxima electronicamente limitada a 150 km/h, para poupar a carga da bateria.

O empenho da marca neste eléctrico é notório, e citando Karl-Thomas Neumann, o CEO da Opel: ‘O Ampera-e não é um modelo de ‘eco-luxo’, nem um ‘gadget’, nem um puro segundo carro. Com o Ampera-e demonstramos que a mobilidade eléctrica pode chegar a mais pessoas graças a tecnologia verdadeiramente inovadora. Nós estamos a democratizar o automóvel eléctrico’.

Esta é a razão aparente para o novo Ampera-e combinar tecnologias, seja motoras como para o conforto, entretenimento e segurança. Está equipado com a geração mais recente do sistema IntelliLink que conta com um ecrã tátil de alta resolução de 10,2”, e permite a integração e monitorização de dados-chave no smartphone, iOS ou Android. Adiciona a localização, a capacidade para trancar e destrancar as portas, ou inclusive encontrar as estações de carregamento mais perto, através da app myOpel. 

No capítulo da segurança o Ampera-e inclui um sistema de travagem autónoma de emergência, que através de uma câmara 360º de ângulo alargado que providencia a total visibilidade circundante ao veículo, permite parar de modo autónomo quando detecta veículos ou peões em qualquer ângulo morto.

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar