O que é o GOOGLE LENS? Nós fomos aprender, e tentamos explicar

Fomos conhecer a recente versão do Google LENS, e desvendamos alguns mistérios, mas acima de tudo aprendemos o porquê desta aposta, os propósitos e na suma, a sua funcionalidade.

O que é o Google Lens? De modo mais simplificado, é a mais recente aplicação mobile da gigante tecnológica e foi apresentada pela primeira vez no ano transato, 2017. Era um passo diferente e uma aposta, mas apenas disponível nos smartphones Pixel da própria Google e surgia integrada na própria câmara do dispositivo.

Agora em 2018 foi anunciado a sua liberalização. Surge em modo de aplicação na loja, embora o Google LENS também já estivesse a ser integrado em 2018 em smartphones Android de topo, equipados com o Assistant e na forma de um ícone próprio na câmara de mais de 10 fabricantes. Os outros modelos Android, e de modo abrangente, basta aceder à Google Play Store e proceder ao simples instalar da aplicação. Já os utilizadores de iOS não possuem aplicação própria para o dispositivo, mas podem igualmente aceder à app através da aplicação Google Fotos…o que acaba até por ser uma vantagem, uma aplicação a fazer o trabalho de duas.

A explicação mais simples para este novo Google LENS é que é uma aplicação, lógico, mas que funciona numa ‘harmonia’ com a câmara do smartphone e (nota importante aqui) hardware para destacar e mostrar informação relevante sobre o que vimos, seja objeto, texto, foto, zona ou mapa. Agora a nota importante, não sei se reparou numa nota sobre o hardware, esta aplicação funciona por reconhecimento de imagens, tecnologia desenhada para destacar informação relevante através da análise visual, o qual necessita de recursos capazes de suportar a tecnologia de inteligência artificial, machine learning e visão computacional da Google. A nota é essa, nem todos os dispositivos dispõem dessa capacidade/desempenho, nomeadamente os equipamentos de gama mais baixa. Nesse caso, se pensar em instalar a aplicação no smartphone e for procurar na loja pelo Google LENS, e nada surgir, é porque o seu smarthpone não tem os requisitos necessários.

Os porquês!

O Google LENS usa de modo efetivo a câmara fotográfica do smartphone e todo processamento, não só para detectar um objecto mas também para compreender o que está na imagem. Ou seja, a câmara serve de olhos, mas o processador e tudo o que é inerente ao desempenho é usado como um cérebro, de modo a proporcionar múltiplas acções em função do que está a ser observado (objectos, flores, roupa, livros, edifícios, etc). Trata-se de uma nova forma de compreender e de descobrir o mundo que nos rodeia, recorrendo à inteligência artificial e à realidade aumentada para proporcionar experiências ricas, e em tempo real. O Google Lens funciona proactivamente e com um simples apontar da câmara é possível analisar e interagir com o que estamos a ver em cada momento. E esse fator precisa de especificações técnicas, poder de processamento.

Quais as maiores funcionalidades?

Algo útil é a pesquisa no dia-a-dia, no mundo que nos rodeia. Imagine estar numa rua e não saber onde está, direciona a câmara para a placa e ele reconhece o local, dá indicação de trajetos, curiosidades, pontos, etc. Se passar por um restaurante, clube, café ou mesmo bar, basta apontar para saber contato, horário, avaliação, críticas ou curiosidades. Ou o nome de um prato que não conhece? O Google Lens irá mostrar-lhe uma imagem para ter uma ideia do prato. Agora imagine que está no Zoo, não conhece aquele animal esquisito. Aponte o seu smartphone e terá o Google a ‘trabalhar’ para disponibilizar a informação.

Se optar por ‘olhar’ para uma peça de roupa, vestido, surgirá opções de cor, tamanhos, lojas e artigos semelhantes. Ou mesmo um objecto de decoração, o Google Lens pode identificar não só essa peça mas também artigos semelhantes e proporcionar críticas ou opções de compra relevantes.

Também existem novidades para o campo do texto, uma mais valia para muitos profissionais ou mesmo para algumas notas, fazendo a selecção de texto inteligente. Imagine que recebe cartões de visita? Aponta o Google Lens e a app reconhece e digitaliza, transformando a informação de texto num novo contacto completo no telemóvel. No caso de receber um panfleto, memorando ou evento, basta apontar a câmara e o Google LENS acrescenta automaticamente o evento no seu calendário. 

Tem uma folha de texto, vê um cartaz, uma placa ou algo e gostava de guardar o texto ou uma parte dele? Basta apontar a câmara do telefone para o texto e destacar no Google Lens. Pode fazer copiar/colar esse texto tornando-o editável! E também funciona tanto para receitas como códigos, senhas Wi-Fi, etc. Um dos melhores exemplos da funcionalidade deste Google LENS é a password que está no router, que basta apontar o Google LENS e a app reconhece, sabe qual o propósito e, de modo inteligente, liga o smartphone a essa rede. Esta funcionalidade associa as palavras que viu com as respostas e as acções que necessita. Em muitos casos, além de reconhecer as letras, o Google Lens reconhece o significado e o contexto que está por detrás dessas palavras, fruto do uso de tecnologia de inteligência artificial e elevada capacidade de processamento, que possibilitam identificar milhares de milhões de palavras, frases, locais, objetos e coisas numa fracção de segundo.

Como conclusão, a versão do Google LENS de 2018 vem aprimorada, mais rápida, mas fiel e muito funcional. O uso é extremamente simples, ou não fosse só usar a câmara, e promete ajudar nas inúmeras situações do dia-a-dia. Para aproveitar, e é grátis. 

 

 

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar