Porsche Design Huawei Mate RS. Surpreendente, pioneiro, exclusivo… e caro

Porsche é um sinónimo de luxo e design, e a sigla RS acrescenta performance e exclusividade. Foi esse o intuito da marca bávara quando em 1972 criou uma versão muito especial do seu icónico 911, à qual atribuiu a sigla RS. Era um veículo diferente, arrojado, que incluía mais desempenho aliado a um design diferente. Foi uma fórmula que vingou no mercado, fez história e tornou este modelo tão pretendido quanto exclusivo.

Parece estranho estar a falar sobre carros quando no título surge algo tão distinto quanto a marca HUAWEI? Bem, em suma resumimos o assunto desta notícia a uma parceria e o produto que daí advém. Falamos do Porsche Design Huawei Mate RS, um dispositivo que ‘nasce’ da parceria com a Porsche Design. Não é uma parceria nova nem inocente pela parte da Huawei, ‘um passo acertado’ que permitiu à marca de design colocar o cunho no design e na interface, redesenhada. Iniciou-se em 2016 com o lançamento da versão Huawei Mate 9 Porsche Design, mas consolidou-se na forma de diferentes smartphones, e este RS é o último resultado desta parceria. Seguindo o exemplo automobilístico e da sigla RS, surge com  um incremento no desempenho e pormenores, a exclusividade que a Porsche consegue dar, o sentido premium. 

Heis que em 2018 surge este Porsche Design Huawei Mate RS. Bem, essa é a razão de começar a falar sobre carros e de tão semblante modelo, o RS. Com a designação Porsche Design Huawei Mate RS, este novo modelo da casa chinesa é diferente, é exclusivo, é desejado. Simboliza bem esse RS, com um design diferente e soluções únicas que a HUAWEI consegue novamente incluir num dispositivo. Foi apresentado no mesmo dia da série Huawei P20, uma gama composta por três smartphones que pasme-se, conquistaram e colocaram-se nos dois lugares cimeiros do DxOMark, um benchmark ou comparador/avaliador mais usado para referências de fotografia e vídeos de smartphones. Seria possível haver mais surpresas? 

De fato o novo Porsche Design Huawei Mate RS é todo ele uma surpresa. Possui alguma diferença exterior, na forma, em detalhes e até na cor, que junta o vermelho ‘vivo’ ao negro habitual. Uma das diferenças notórias exteriores é a colocação das novas câmaras traseiras ao centro do dispositivo, três lentes que fazem uma linha vertical por cima do leitor de impressão digital. Surge também um P e B, o logo e iniciais da Porsche Design, sobrepostas,  sob a marca HUAWEI. Mesmo na frente, a designação PORSCHE Design surge mesmo na zona típica dos botões. É ‘limpo’, estilizado e mais premium.

Mas este Porsche Design Huawei Mate RS trás mais algumas surpresas, e por diferentes aspetos: não sendo o primeiro smartphone com três câmaras, surge pela mesma marca e no mesmo dia. E recorde-se que, à semelhança da versão P20 Pro, uma configuração de câmara tripla constituída por um sensor a cores de 40 megapixéis, um monocromático de 20 megapixéis e outro dedicado a zoom com 8 megapixéis, além de lentes e modos fotográficos da prestigiada casa de fotografia LEICA. Para a história fica a capacidade de armazenamento, sendo este novo Porsche Design Huawei Mate RS o primeiro smartphone a possuir uma capacidade de 512GB, que se pode afirmar de gigantesca. Segue-se os sensores, leitor de impressões digitais, dois, um situado na traseira e outro no ecrã… mesmo no ecrã. Ou seja, duas possibilidades diferentes de segurança, para maior conforto ou utilidade da parte do consumidor. Podemos optar por qual utilizar, conforme a necessidade do momento. Outra novidade é a possibilidade de carregamento sem fios, usada pela primeira vez num smartphone da casa Huawei. 

Existem muitas mais especificações, características partilhadas com o congénere Huawei P20 Pro. O ecrã possui igualmente 6 polegadas e uma resolução de 2880×1440 pixéis, o galardoado processador Kirin 970 com , 6GB de memória RAM, uma bateria de 4.000mAh e tecnologia de carregamento rápido e resistência aos elementos (água e ao pó) com certificação IP67. Nota que existe uma versão de 256GB de armazenamento e 6GB de RAM.

Claro que existe sempre um custo, pelas características e até pela exclusividade. O preço do Porsche Design Huawei Mate RS de 256GB custa 1.699 euros, enquanto a versão de 512 GB fica quase nos 2.095 euros.

O porquê? Porque parece que a HUAWEI não tem medo de arriscar, e quando o faz consegue-o de maneira correta. Passos fundamentados, estratégias delineadas, apostas ganhas. Não é a primeira vez que ouvimos a pretensão da marca em chegar ao topo das vendas de smartphones. E será apenas pretensão? Se formos buscar os fatos, a HUAWEI tem conseguido vários feitos, e não só vende, como consegue ser pioneira em diferentes funcionalidades ou mesmo parcerias. A casa de design Porsche que já salientamos, a LEICA no capítulo fotográfico ou a PANTONE. E ganhou por isso o mercado e valor próprio, não é mais ‘a’ HUAWEI, uma marca chinesa. É a HUAWEI, uma marca que já merece estratégias de marcas, que já faz pré-vendas nas operadoras, que detêm expectativa, do mercado e do utilizador. E este Porsche Design Huawei Mate RS vem cimentar estes fatos.

 

 

Óscar Rocha

Autor: Óscar Rocha

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Óscar Rocha

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar