Que saber para a nova TV?

Intro

Com o Natal à porta, muitos são aqueles que esperam pelo subsídio do fim de ano para comprar uma nova televisão.

E com a saturação de modelos e tecnologias existentes, escolher a televisão certa pode ser uma tarefa difícil. Para complicar existe ainda um mar de acrónimos, e os construtores além das siglas que definem os standart ainda inventam as suas próprias siglas para tentar dar um toque mais tecnicamente avançado ao seu produto.

Palavras como 4K, HDR 10, Dolby Vision, HDMI 2.0, Wide Colour Gamout, Local Dimming, Upsampling, Streaming, UHD Premium, Quad Core, LED TV, OLED entre outros palavrões, são uma constante hoje na descrição das televisões.

No entanto como qualquer produto que se baseia na tecnologia do momento, uma televisão state of the art hoje é um mastodonte tecnológico dentro de meia dúzia de anos.

Resolvemos então fazer um guia com os conceitos básicos para ajudar quem procura adquirir uma televisão nova.

Poderá aproveitar e ler o nosso anterior artigo que já explora alguns factos na escolha da televisão como por exemplo a resolução e o tamanho da tv.

Vamos antes de mais explicar cada uma das mais utilizadas siglas no mercado televisivo:

4K – Define a resolução do televisor. A norma 4K oficial tem uma resolução de 4096 pixeis por 2160 pixeis e é a utilizada pela indústria cinematográfica. A norma 4K para televisão também conhecida por UHD tem uma resolução de 3840 × 2160 pixeis ou seja 4 vezes mais resolução que Full HD (1920 x 1080 pixeis). O motivo de na norma TV terem reduzido a resolução horizontal foi para ter exactamente o dobro dos pixeis tanto na horizontal como na vertical sobre a resolução FULL HD. (1920 x 2 por 1080 x 2).

HDR10 / Dolby Vision – Definem os 2 novos standards de High Dynamic Range. Tentam criar, através de uma maior luminosidade, uma maior palete de cores e contrastes mais pronunciados como o efeito do brilho da luz (ver imagem)

20_century_fox_sdr_vs_hdr

HDMI – Interface físico onde se liga a televisão aos equipamentos. A actual norma essencial para podermos ver HDR é o HDMI 2.0A. Todas as televisões actuais vem equipadas com pelo menos um HDMI. Se não for a versão 2.0A não poderá ver o efeito HDR, mesmo que tenha um leitor bluray UHD ligado à televisão.

Wide Colour Gamut – Definição da palete de cores que define que a televisão consegue um espectro de 1 bilião de cores. Essencial para o HDR.

Local Dimming – Técnica que consiste em desligar a luz emitida por trás de um ecrã LCD de forma a acentuar os pretos.

Upsampling – Tratamento de imagem para melhorar a imagem a ser exposta num painel com resolução superior à fonte do video. Por exemplo, vermos um filme bluray Full HD (1920×1080) num painel 4K (3840×2160). A imagem é tratada e “redigitalizada” de modo a aproveitar a maior resolução existente.

UHD Premium – Norma que define as exigências mínimas que as televisões tem de conseguir fazer para serem aprovadas:

  • As televisões tem de suportar 10 Bits de cor (1 bilião de cores)
  • A resolução tem de ser 4K (3840 pixels x 2160 pixels)
  • Tem de conseguir emitir pelo menos 1000 nits de luz (1 nit = 1 vela acesa)
  • Tem de conseguir ter níveis de luz inferiores a 0.05 em imagens pretas.

Quad Core – Número de processadores existente na electrónica da televisão. Influencia por exemplo a qualidade do upsampling, a resposta da televisão durante a navegação dos menús, entre outros.

E toda esta tecnologia se resume à imagem final mostrada no ecrã da TV. E neste momento existem apenas duas opões: LED TV e OLED.

Há uns anos teríamos ainda os plasmas, e antes disso ainda os CRT. O facto de estarmos resumidos a duas tecnologias simplifica bastante a escolha.

Nota para o OLED, com apenas um construtor, vulgo LG. Qualquer modelo OLED que vejam nesta altura, seja Sony, Phillips ou qualquer outra marca, tem a enorme probabilidade de ter um painel fabricado pela LG.

Vamos analisar as diferenças entre as duas tecnologias e tentar ver os pontos fortes de cada uma.

Hugo Marques

Autor: Hugo Marques

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Hugo Marques

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar