Teste: Devolo GigaGate. Será que cumpre o prometido?

Testámos a nova solução da Devolo. O GigaGate que promete simplicidade para trazer gigabit wireless à vossa casa.

Os testes foram feitos em minha casa, onde os equipamentos WIFI tem particular dificuldade em comunicar, a ponto de ter recorrido a equipamentos Powerlines e múltiplos Access Points espalhados pelas divisões.

O processo de desembalamento:

Assim que abrimos a caixa vemos logo um manual resumido com as instruções. Nada pode ser mais simples. A base é ligada directamente ao router do operador de internet, e o satélite vai para onde queremos “extender” o sinal. No meu caso ficou a sensivelmente 8 metros de distância com 2 paredes como barreira.

O GigaGate, demostra o cuidado posto na qualidade de construção, com as bases do dispositivo em plástico polido e o centro em material baço. O resultado final é excelente, não só pela sensação de robustez do equipamento, como conseguindo ainda um aspecto de um produto de gama alta. O GigaGate pode ser colocado tanto na horizontal como na vertical.

No primeiro teste, optei por ligar o meu PC ao satélite, fazendo que toda a comunicação do meu computador tivesse que passar pela comunicação wireless entre o satélite e a base.

A base apenas tem uma ligação Gigabit Ethernet e foi onde liguei o router de internet. O satélite tem 5 portas Ethernet sendo uma delas Gigabit que foi a que usei para ligar ao meu PC. De referir que a ligação que normalmente uso no PC é Gigabit por cabo, através de rede estruturada, logo será muito fácil validar se as velocidades anunciadas pela Devolo são reais.

Após ligar os equipamentos, a luz de ligação entre a base e o satélite ficou a branco (segundo o manual indica uma óptima ligação), resolvi começar os testes.

No processo normal de utilização, não notamos absolutamente nada, entre navegar nos websites habituais, ver alguns vídeos no Youtube, tuda aparenta estar normalmente rápido.

Resolvo então fazer os testes de cópia entre o PC e a NAS (que está ligada a Gigabit ao router do operador).

O resultado não podia ser mais surpreendente! As imagens mostram as velocidades obtidas, lidas pelo PC e pela NAS.

Não podia acreditar. Router de marcas conhecidas, raramente passam dos 200 a 300Mbits e literalmente o Devolo roçou velocidades Gigabit! 

A ligação de dispositivos ao satélite, que suporta WPS não podia ser mais simples. A chave está impressa numa das laterais do satélite (mas pode ser alterada), ou se o dispositivo que se vai ligar suportar WPS, um simples pressionar nos botões de WPS de ambos chegará para que eles se auto configurem.

Resolvi, complicar as coisas ao Devolo e afastei a base do satélite o mais que pude. Literalmente afastei-os mais de 25 metros, mas com 2 divisórias a separá-los.  O satélite ficou no chão num canto da cozinha. A base atrás da mesa de cabeceira no quarto com um cabo de rede de 10 metros para chegar ao router.

Como não conseguia ligar o PC devido à distância, utilizei  o smartphone com o SpeedTest. Este foi o resultado.

Surpreendentemente não só conseguiram continuar a comunicar como ainda passou os 30mbits.

Parabéns Devolo. Estou impressionado!

Podemos aceder ao IP dos dispositivos através de um browser, para configurar passwords de administração, configuração manual de ips, actualização de firmwares, adicionar novos satélites, mudar a chave de acesso ou as definições de WIFI entre a base e os satélites.

Algumas imagens das configurações da base

Nas definições dos satélites, temos ainda a configuração de rede cliente

Conclusão

Não podia ter ficado mais impressionado com este produto da Devolo. A performance é a melhor que já vi e a simplicidade de instalação é surpreendente. O valor de 229.90€ é justo tendo em conta de toda a engenharia em volta deste produto para nos simplificar a vida. E funciona. Se precisarmos de mais satélites, o custo individual de 139.90€ até um máximo de 8, garantem que muito poucas deverão ser as instalações onde este produto não conseguirá brilhar.

Devolo, tenho mesmo de devolver o GigaGate?? 🙂

Qualidade de construção – 10

Performance – 10

Simplicidade de utilização –10

Preço – 9

Classificação: 9.5/10

 

Hugo Marques

Autor: Hugo Marques

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Hugo Marques

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar