Teste: HP Omen X – Performance ao cubo

Omen – do latin Õmen. Audacioso, favorável, feliz, mau, bom. O nome tem vários significados, tal como “o cubo”. Portentoso, poderoso, exibicionista, lindo, feio, mas certo que ninguém lhe fica indiferente.

O HP Omen X é não mais que o produto mais extremo da HP para o mercado do Gaming. Os argumentos de peso são muitos, a começar nos quase 30kgs. A caixa é talvez o elemento mais distinto do conjunto. De construção extremamente sólida, trás um conceito que já tem sido utilizado em algumas caixas de topo para PC (por exemplo a Fractal 804), que é a separação da caixa em duas zonas. A zona principal onde fica a placa mãe, e tudo o que liga directamente na placa mãe, nomeadamente, processador, memórias e placa(s) gráfica(s). A segunda zona, separada onde ligam os discos e os restantes periféricos.

Esta separação permite criar zonas distintas de temperatura dentro da caixa, isolando a temperatura que os discos mecânicos emanam. A zona primária da caixa permite até um máximo de 3 ventoinhas em cima, 3 ventoinhas em baixo e 1 frontal, num total máximo de até 7 ventoinhas de 120mm. O nosso exemplar, vinha com duas. Uma em cima acoplada ao radiador para arrefecimento líquido do processador, e outra frontal a puxar ar fresco para o interior da caixa. A placa mãe de dimensões Micro-ATX, é da própria HP e vem com a tradicional combinação de cores preta/vermelha dos produtos dedicados ao gaming. De salientar a exemplar arrumação dos cabos a previligiar o fluxo de ar dentro da caixa.

A placa gráfica é uma Nvidia GTX 1080, o processador um Intel Core i7 6700K, ambos auxiliados por 32GB de RAM DDR4. A nível de armazenamento, 1 SSD de 128gb possui tudo o que respeita ao sistema operativo, mas acompanhado de 1 disco SATA de 1TB para tudo o resto. Temos então todos os ingredientes para um computador de sonho para jogar.

O conceito do cubo, é peculiar, e o que torna ainda mais interessante é que a HP resolveu não o deixar assentar como um tradicional cubo. Ao invés disso o Omen X, fica assente na diagonal, o que faz com que seja ainda mais distinta a sua presença.

O acesso é outro ponto positivo, nesta caixa. Com um pressionar de um botão soltamos o mecanismo que nos permite retirar a tampa que dá acesso à zona da placa mãe.

Existem espaço para quatro discos de 2.5″ ou 3.5″, através de um sistema de troca fácil, e não possui a obrigatoriedade de abrir a caixa para adicionar ou substituir discos. Basta abrir a tampa respectiva, destrancar a patilha que prende o disco e puxar o cordão.

A frente da caixa é composta por 4 cantos, que são iluminados por led. Essa luz é costumizável através do Omen Control que vem pré-instalado no Windows 10. Podemos escolher desde cores estáticas, em que podemos atribuir  uma diferente para cada quadrado ou lado, ou podemos utilizar as luzes para monitorização do nosso sistema.

Um dos cantos monitoriza a temperatura do processador, outro a do GPU (gráfica), outro a utilização de CPU e outro a utilização dos discos. Em modo monitorização, o arranque é feito em azul e no caso da temperatura ir subindo, vemos a cor passar para amarelo, laranja e até chegar ao vermelho em caso extremo. É juntar o útil, ao neste caso, visualmente apelativo. 

Como todo o conceito deste computador são os jogos, tiramos alguns valores, e usámos como comparativo uma estação de trabalho, equipada com um Xeon E5 2690 v3 com 12 cores (24 no total com HyperThread), 16GB de DDR4 e uma AMD R9 290X. Não sendo uma placa gráfica concorrente pois já tem 2 gerações de atraso, continua a ser uma excelente placa gráfica capaz de correr perfeitamente qualquer jogo a 1080p (FullHD).

Configurações dos sistemas testados:

HP Omen X, core i7 6700k, 32GB DDR4, Nvidia GTX 1080p, SSD 125gb, 1TB SATA, fonte alimentação 1300W, driver Nvidia versão:378.49 para Windows 10, 64Bits

Workstation Xeon E5 2690v3, 16GB DDR4, AMD R9 290X, SSD 256GB, 2TB SATA, fonte de alimentação de 850W, driver AMD versão: Crimson 17.1.2, Windows 10, 64Bits

Nas definições dos jogos, os testes foram corridos nas pré definições máximas de cada jogo, nas resoluções de 1920 x 1080 e 3840 x 2160.

Na resolução 4K, todos os jogos testados correram com uma fluidez impressionante. Mesmo o Ashes of the Singularity, não tendo chegado aos limiar dos 60fps, não teve nenhum tipo de quebras ou paragens. A experiência de jogo é absolutamente fantástica. Se pensarmos que existe a opção de adicionarmos uma segunda GTX 1080, então é de loucos. Garantimos que todos os actuais e futuros jogos por um bom período de tempo poderão ser corridos com todos as definições no máximo na resolução 4K. Já assim podemos em mais de 90% dos títulos.

Conclusão

O HP Omen X, é garantidamente um produto para um nicho de mercado, focado nitídamente na experiência de jogo na resolução 4K. Destina-se ao gamer, ao utilizador que procura puro desempenho e entretenimento… e que não quer construir o seu PC. Esta caixa esteticamente é bastante apelativa e chega a ser irreverente, face à forma como é disposta, mas cumpre o objectivo principal de arrumação, arrefecimento e acesso. Certo que, na opção de construir um PC seria certamente mais pequeno e menos dispendioso. Mas não era um Omen! Esta é a opção certa para o utilizador nato que não quer ter o trabalho de selecionar os componentes, mas que não abdica de uma máquina extrema, seja a nível de qualidade de construção, como de presença, como de performance.

Claro que isso significa desembolsar valores a rondar os 3.000€, uma máquina cara. Certamente que afastará alguns possíveis interessados mas, relembramos, este é um HP Omen X, não um PC para massas, possui carisma e exclusividade. E valeu a pena!

Qualidade de construção – 10

Performance – 9

Presença–10

Costumização-7

Preço – 7

Classificação: 8.5/10

Hugo Marques

Autor: Hugo Marques

Fundador e Editor do Motores & Tecnologia
Enviar E-Mail para: Hugo Marques

%d bloggers like this:

Ao continuar a navegar em mtech.com.pt, aceita a utilização de cookies. mais informação

As definições de cookies neste website estão em "permitir cookies" de modo a propiciar a melhor experiência de navegação possível, Se continuar a navegar neste website sem alterar as definições dos cookies, ou se clicar em Aceitar estará a consentir a utilização de cookies.

Fechar